O post de hoje é pra você, ser internético super conectado em tumblrs cheinhos de gifs, que assiste a vídeos identificando potenciais cenas-memes e, nos casos mais extremos de fanatismo pelo tipo de imagem, até transforma trechos de filmes nessas sequências que tanto nos fazem felizes ou irritados na internerds. Hoje, você vai aprender um pouco sobre a história de um dos formatos de imagem mais presentes no nosso dia-a-dia: GIFs.

 

A Short History of the Gif | Moving the Still

 

Se você tem mais de 20 anos, vai lembrar de quase todas essas fases apresentadas na “retrospectiva”, que começa na época que rolava fazer com mais de 256 cores até hoje, em que a criatividade é o foco (ou não, né? Depende muito de quem faz).

 

Detalhe: curtiu o gif do bebê maluco girando?

 

 

Thanks God.

 

O vídeo foi feito pelos criativos da Friend (que nome amigável, né? rs), uma produtora de coisas legais (dessas que tão sempre por aqui) de Londres, e dirigido por Sean Pecknold. A produção foi para o Moving the Still, um festival de gifs promovido pelo Tumblr e pelo Paddle8, que pretendia juntar tudo que era produção original no formato.

 

Achei boa a ideia de fazer o filme sem usar muito computador, na levada do stop motion de massinha de modelar e outras técnicas mais simples em 2D.

 

Adorou? Eu também.

Vida longa aos gifs!

ANUNCIE AQUI

Quer usar esse nosso espaço? Entre em contato conosco. Clique aqui!