Meu nome é Elastika

por 26 de maio de 2014 2D Sem comentários

Screen Shot 2014-05-26 at 3.52.20 PM

 

Ela é jovem, sonhadora e valente. Dirige rápido e adora aventuras, fogos de artifício, outros planetas… Desde o dia que foi concebida, se tornou uma preocupação pro pai. E um orgulho também. Senhoras e senhores, conheçam Elastika:

 

 

Essa saltitante personagem feita em stop motion de liguinhas com alfinetes num quadro de cortiça não poderia ser mais admirável, né verdade? Como se não bastasse a produção numa técnica pra lá de inovadora e trabalhosa, Elastika é uma simpatia, cheia de charme e fofura. Aí quando você pensa que o filme acabou, rolam erros de gravação com dublê e tudo. Gente. Que maravilha! <3

 

Screen Shot 2014-05-26 at 3.56.33 PM

 

 

O filme é criação do diretor francês Guillaume Blanchet. que vive em Montréal há 11 anos, e adora atividades outdoors. Fez sentido agora, né? Filho de serelepe, serelepinho é. Elastika é essa aventureira lindinha, super animada, que não se cansa de novos ambientes, tal qual o pai.

 

Screen Shot 2014-05-26 at 3.55.53 PM

 

Guillaume acha que o melhor uso de stop motion não é quando conseguimos animar objetos que estão de alguma forma vivas (tipo brinquedos que, quando crianças brincam, ganham um novo significado), mas quando se dá vida a coisas que não “foram feitas pra ser humanas”, diz ele. Pensando nisso, Elastika nasceu. Irmã de The Man Who Lived On His Bike (O Homem que Vivia em sua Bicileta, livre/Livia tradução), outro curta sinistramente atraente e fodástico do francês. Os dois trabalhos são uma combinação de muita ralação, com base na simplicidade e diversão. Curtam só:

 

#osciclistapira

Ambos filmes participaram de inúmeros festivais e já ganharam tanto prêmio que nem cabe nesse post. Guillaume, cê tá de parabéns!

 

ANUNCIE AQUI

Quer usar esse nosso espaço? Entre em contato conosco. Clique aqui!