Valha-me Nossa Senhora, Mãe de Deus de Nazaré! Foi-se embora Suassuna, cabra do bem, cabra de fé!

Valha-me Nossa Senhora, Mãe de Deus de Nazaré! Foi-se embora Suassuna, cabra do bem, cabra de fé!

Que dia triste para o Brasil, mais uma perda inestimável! Primeiro João Ubaldo Ribeiro, depois Rubem Alves, agora Ariano Suassuna. Dona Morte, sua bicha incansável. Derrubado e internado por conta de um AVC infeliz, Suassuna, grande cavaleiro, se foi ontem à tarde (23) e ficou a cicatriz. Vá em paz, cabra do bem, vá em paz, cabra de fé!

AS-5

Acho difícil alguém não se lembrar deste grande ícone brasileiro, mas se você é um daqueles esquecidinhos o Dilata Pupila vai te ajudar e mostrar porque a morte de Ariano Suassuna marcou o país inteiro. Antes de continuar sua leitura acesse aqui. Leu? Então continuemos.

AS (2)

De roteiro e direção de Filipe Gontijo, “Suassuna, a peleja do sonho com a injustiça” é uma animação e homenagem linda ao grande escritor. Produzido pela Me Gusta Filmes, o curta narra a história da perda do pai de Suassuna em forma de cordel, fato que o levou a virar defensor do povo nordestino, e conta ainda com imagens e música final escrita pelo próprio autor. Ficou maravilhoso, com uma arte primorosa, e o resultado você confere agora:

Ariano Suassuna não foi somente um grande escritor. Ele representou um povo, trouxe a alegria, a riqueza e as tristezas do nordestino de forma singular para o Brasil e o mundo.

AS (3)
AS (4)
AS (6)
AS (7)
AS (8)

E Suassuna, o Dilata Pupila só deseja que você continue cavalgando, levando o riso e sonhos para o céu!

Autor Ana Paula

Publicitária formada, aspirante a artista plástica, gnomo de jardim e pintora de rodapé nas horas vagas.

Mais por Ana Paula

Deixe uma resposta

ANUNCIE AQUI

Quer usar esse nosso espaço? Entre em contato conosco. Clique aqui!