Hoje é o último dia do Anima Mundi 2015 em São Paulo (corre pra ver!) e, ao final do evento, vão divulgar o vencedor do prêmio da categoria Publicidade Animada. Nós do Dilata, espertos que somos, já vimos essa sessão e poderíamos postar todos os filmes aqui pra fazermos nossa própria votação, risos, mas isso seria contraproducente e um pouco injusto com esse evento maravilhoso que tanto amamos. Mesmo porque alguns desses filmes publicitários não estão acessíveis na rede (eeer, quer dizer, tivemos dificuldades de encontrá-los ou fingimos que não rolou, porque não gostamos de alguns at all) e vocês nunca comentam aqui mesmo, como é que eu vou promover votação? HAHAHA #foreveralone #comentaêpufavô

Tem muito material de referência de animação em propaganda, principalmente para os criativos das agências. É tanta coisa em técnicas tão variadas e com ideias geniais em níveis tão diferentes, que essa seleção merece alguns minutinhos do seu precioso tempo. Importante assistir a todos com carinho, principalmente porque a maior parte é do Brasil-il-il.

Ao todo, nessa sessão, são mais de 30 filmes que juntos somam 45 minutos de desenhos pra lá de persuasivos (ou quase isso). Então, selecionei meus preferidos e coloquei pela ordem de lembrança, guiada pelo meu coração.

 

Beyond Years

De uma série do New York Times sobre Amores Modernos (Modern Love). Sensível, de estética simples, bem direto: “sometimes what love can do is save you from yourself”. De doer, né?

 

Porcupine Jacket – Free hugs to molesters

A-do-rei a forma de falar de assédio, que costuma ser muito séria nas campanhas publicitárias convencionais. Tão de parabéns pela genialidade.

 

Guerra ao Drugo

Um jeitinho diferente de falar sobre guerra contra as drogas. Muito poético, de estética bem refinadinha e com um roteiro interessante. Dirigido por Gabriel Nóbrega, criado pela AlmapBBDO e produzido pela Vetor Zero/Lobo, o filme tem a proposta de ser uma ferramenta para explicar a guerra às drogas e ampliar o debate com o público em geral. Para mais informações, clique aqui.

 

Os jobs que querem de f****

Gente, eu me identifiquei tanto com essa zuera toda do contexto de agência, que não teve como AMAAAAR a representação em questão.

 

The hunter – Gatherer Model

Como caçar e criar boas ideias com sucesso. Curti o design dos personagens, a animação e o roteiro. Dá pra colocar legenda aí, viu?

 

Karotte

Achei lindo o crescimento da cenoura.

 

Run run run

As cores e a transição entre os estilos de pernas estão muito boas.

 

Fantasies

Bem pensado, por inteiro. Com prazer.

Caloi – Uma história de amor dobrável

Nhaaa, todo de recortes. Adoro papel, até quando é só textura aplicada digitalmente.

 

You Know me

Campanha do UNICEF descolada, um misto de pixilation (stop motion de corpo) com liveaction. Achei maneiro, mas com o ritmo muito frenético. Me deu uma tonturinha tanto movimento.

 

 

Fiat Vacilão

Campanha bonitinha, redondinha, com jingle chicletinho. São 4 filmes, vejam 2.

 

Superbid Lobo


Phosphoros

Computação gráfica phyna.

 

Le Tour Utrecht – Bon Voyage

Com a estética muito parecida com aquele curta que comentei aqui (A Single Life). Parece até que aproveitaram a personagem de lá pra por aqui. Achei bom, mas raso.

 

Mundo feito a mão

 

The Outsider – Smith & Foulkes
Sobre a guerra contra o cancêr. Não soube ainda o que pensar… porque achei engraçadinho demais pro tema tratado. Não sei se é bem esse o tom que deveria ser usado pra tratar desse assunto. O que vocês acham?

 

Kite

 

 

Esbanja e Manera – O banho

 

Stop the show

 

Driblando o trânsito juntos

 

The Windsor – Spicy Stuff

 

E aí, qual o grande vencedor pra vocês? Façam suas apostas nos comentários!

ANUNCIE AQUI

Quer usar esse nosso espaço? Entre em contato conosco. Clique aqui!