Já imaginou se você pudesse dar vida aos seus monstros?

Já imaginou se você pudesse dar vida aos seus monstros?

Foi o que o artista americano Travis Louie fez e ficou simplesmente incrível!

Fala do personagem The Unconditional Love Krampus (O Krampus do Amor Incondicional):”Minha situação, eu encontro uma pessoa que parece ser muito solitária e eu a faço menos solitária”. Legenda do vídeo: O Krampus do Amor Incondicional pune suas vítimas ao segui-las e professar seu amor incondicional por elas. Ele as segue a poucos metros atrás gritando poemas e coisas esquisitas que ele gostaria de fazer com elas.

Mas quem é Travis Louie e de onde surgiu essa ideia?   Original de Nova Iorque, o artista, escritor e colecionador de fotografias, se formou no curso de Design de Comunicação do Pratt Institute, em Brooklyn (NY), no ano de 1990. Após algumas experiências frustrantes como ilustrador freelancer, Louie resolveu criar uma série de pinturas para tentar expô-las em galerias de arte. O feedback foi tão positivo que o artista já chegou a expor em Berlim e Roma, sem contar Nova Iorque, Atlanta, Los Angeles e São Francisco nos Estados Unidos.

travis_louie_1

Suas pinturas são fantasiosas, geralmente de monstros e outros seres místicos, mas que remetem a um estilo vitoriano e às primeiras fotografias do século XIX. O que chama a atenção, além da temática, é a capacidade do artista de unir com destreza o grotesco de suas criaturas e a delicadeza de suas pinceladas sob a tela. De onde vem tanta criatividade? Segundo o artista, em uma entrevista para a francesa BSC News Magazine, da sua fascinação desde a infância por filmes de terror, o sentimento de medo, filmes em preto e branco e por sua paixão por fotografias antigas, registros e memórias de outras pessoas.

  travis_louie_2 travis_louie_3

  travis_louie_10 travis_louie_11 travis_louie_12

travis_louie_17travis_louie_18 travis_louie_19

Quanto à escolha por seres fantásticos, ainda em entrevista à BSC News Magazine, o artista comenta sobre seu encanto pelo “forasteiro” e por pessoas que costumam ser perseguidas por serem diferentes. Ao pintar criaturas não humanas, Travis diz que pode abordar temas como racismo e classes sociais sem se limitar a estereótipos.  E olha que tem gente que já até tatuou suas pinturas no braço!

  travis_louie_4 travis_louie_5 travis_louie_6

O legal é que Louie também cria histórias para seus personagens, que, segundo ele, “nada mais são do que seres diferentes tentando levar uma vida comum”. Mas o que antes estava restrito ao espaço da tela, foi além com a descoberta de um aplicativo para celular pelo artista que é capaz de animar fotografias e desenhos. O resultado ficou ainda mais irado e você pode conferir aqui no Dilata! Saca só o que a tecnologia tem nos proporcionado:

Nothing like animating a character with a simple app Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

1ª tentativa do artista com o aplicativo. Legenda do vídeo: “Nada como animar um personagem com um simples app”.

 

Had to animate the pilot with minimal sound

Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

2ª tentativa de Travis Louie. Legenda do vídeo: “Tive que animar o piloto com o mínimo de som”.

 

Candletop Hastings Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

Fala do personagem Candletop Hastings:”Perdoe meu olho esquerdo, ele está com tique”. Legenda do vídeo: nome do monstro.

 

Fala do personagem Mr. Grimace (Sr. Careta):”Posso segurar sua mão?”. Legenda do vídeo: É tão bom ouvir a voz do Mr. Grimace. Desde o incidente com a tesoura de jardim, ele têm tido uma dificuldade horrível em lidar com a situação.

 

I remember when the ad for the Mystery of Edwin Drood was on Broadway. The actor in the lead always said this line. Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

Fala do personagem:”Você! A audiência que decide quem fez”. Legenda do vídeo: Lembro-me quando o anúncio do Mistério de Edwin Drood estava na Broadway. O ator principal sempre dizia essa fala.

 

The Seeker voiced by Liz Louie

Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

Fala da monstra The Seeker (A Procuradora):”Eu tenho procurado por você em todo lugar”. Legenda do vídeo: The Seeker dublada por Liz Louie.

 

Professor at Cambridge University circa 1923 Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

Fala do personagem Professor da Universidade de Cambridge:”Um aluno me perguntou se eu havia sido um jornaleiro por muito tempo por conta da cor da minha pele e eu expliquei para ele… Aha… que eu era um chimpanzé… Hahaha”. Legenda do vídeo: Professor da Universidade de Cambridge, cerca de 1923.

 

Happy Krampus! Be good, stay out of trouble, and be kind to others,. . . .

Um vídeo publicado por Travis Louie (@travislouie) em

Fala do personagem Krampus:”Chega a época do Natal, se eu estiver batendo na sua porta é porque você sabe que fez m*rda. Hora de pagar!”. Legenda do vídeo: Feliz Krampus! Sejam bons, fiquem longe de problemas e sejam gentis com os outros…

Você deve estar se perguntando, mas qual aplicativo ele utiliza? É o MotionPortrait.
O app está disponível para os sistemas iOS e Android, então, se você quiser se aventurar e animar alguns de seus desenhos ou fotografias como o artista, manda ver! 😉

Gostou do trabalho do Travis Louie?
Confira essas e outras pinturas em seu site, facebook e instagram.

Simplesmente fantástico!

Autor Ana Paula

Publicitária formada, aspirante a artista plástica, gnomo de jardim e pintora de rodapé nas horas vagas.

Mais por Ana Paula

Deixe uma resposta

ANUNCIE AQUI

Quer usar esse nosso espaço? Entre em contato conosco. Clique aqui!